Pular para o conteúdo principal

Java 15 - Novidades (ou não)




Java 15 - Novidades (ou não)

O Java 15 já está em fase de testes com as suas features fechadas (Rampdown Phase One). Isso quer dizer que mais nenhuma feature será implementada. Teremos melhorias em funcionalidades já liberadas para testes e outras consolidadas agora nesta versão, mas nada de grandes mudanças. Porém é sempre bom ficar atualizado não é?

Para acompanhar os builds e agenda da liberação, acesse esta página.

Revisando o processo de versionamento

Com o lançamento do Java 9 em 2017, o cronograma de lançamento do Java mudou, de um lançamento principal a cada 3 anos ou mais para um lançamento a cada seis meses. Um dos principais motivos dessa alteração foi oferecer aos desenvolvedores acesso mais rápido as melhorias contínuas. Os lançamentos ocorrem em Março Setembro de cada ano.

Ainda cabe um post específico para o modelo de versionamento para explicar sobre as versões LTS, versões intermediárias e funcionalidades "preview". Para mais informações, veja um pouco da história do Java.

Versões LTS

As versões LTS (Long Term Support) são mantidas além dos seis meses, diferente das versões normais que deixam de receber correções quando a versão superior é lançada. A versão mais atual neste formato é do Java 11, que terá seu suporte estendido até Setembro de 2022. Este tipo de suporte iniciou no Java 8 que será mantido até 2023. A partir deste novo modelo de versionamento, a Oracle passou a cobrar pelo uso comercial ou suporte estendido. Uma ótima opção para quem não precisa de suporte pago, é o projeto AdoptOpenJDK.

Para mais detalhes sobre o suporte de versões, consulte o roadmap do projeto em: https://adoptopenjdk.net/support.html#roadmap

Novos recursos do Java 15

Nem todos os recursos desta versão são novos, porém algumas features estão finalizadas e outras marcadas como removidas serão finalmente removidas. Abaixo as principais mudanças:

339: Edwards-Curve Digital Signature Algorithm (EdDSA): Esta JEP cobre a implementação do algoritmo EdDSA (RFC 8032). Esta não é uma substituição do ECDSA. Ele será implementado como um código independente de plataforma, mas terá um desempenho semelhante com o mesmo algoritmo ECDSA de força de segurança que é implementado nativamente.

360: Sealed Classes (Preview): Classes e interfaces seladas restringem quais outras classes ou interfaces podem estendê-las ou implementá-las.

371: Hidden Classes: São classes que não podem ser usadas diretamente pelo bytecode de outras classes. As classes ocultas destinam-se ao uso de estruturas que geram classes em tempo de execução e as usam indiretamente, via reflexão. Uma classe oculta pode ser definida como um membro de um ninho de controle de acesso e pode ser descarregada independentemente de outras classes.

372: Remove the Nashorn JavaScript Engine: Remove o mecanismo de script JavaScript Nashorn e as APIs, e a ferramenta jjs. O mecanismo, as APIs e a ferramenta foram marcadas para remoção no Java 11 com a intenção expressa de removê-los em um release futuro.

373: Reimplement the Legacy DatagramSocket API: Substitua as implementações subjacentes das APIs java.net.DatagramSocket e java.net.MulticastSocket por implementações mais simples e modernas, fáceis de manter e depurar.

375: Pattern Matching for instanceof (Second Preview): Melhorias na funcionalidade "instanceof" introduzida no Java 14.

377: ZGC: A Scalable Low-Latency Garbage Collector: O ZGC foi integrado ao JDK 11 pelo JEP 333. Novos recursos de tamanho e complexidade são melhor introduzidos com cuidado e gradualmente, tornando-o um recurso experimental. Isso ajudou a definir as expectativas dos usuários e permitiu que eles fornecessem feedback sem precisar fazer o download ou criar um binário JDK separado, o que seria o caso se o desenvolvimento do ZGC continuasse fora do JDK.

Além dos aprimoramentos existentes, ele também aprimora os recursos importantes, conforme indicado abaixo:
  1. Descarregamento simultâneo de classe
  2. Remoção de memória não utilizada (JEP 351)
  3. Tamanho máximo de heap aumentado de 4 TB para 16 TB
  4. Tamanho mínimo do heap reduzido para 8 MB
  5. -XX: SoftMaxHeapSize
  6. Suporte para o perfilador de vazamento JFR
  7. Suporte para compartilhamento de dados de classe
  8. Espaços de endereço limitados e descontínuos
  9. Suporte para colocar a pilha na NVRAM
  10. Melhor conhecimento da NUMA
  11. Pré-toque no heap multithread

378: Text Blocks: O feedback do JDK 14 indica que o recurso Text Blocks agora está pronto para se tornar permanente e final como um recurso Standard no Java 15.

379: Shenandoah: A Low-Pause-Time Garbage Collector: Outra alteração de GC introduzido no JDK 12 - JEP 189 como recurso experimental. Shenandoah agora está pronto como um recurso de produção no Java 15.

381: Remove the Solaris and SPARC Ports: Remover todo o código-fonte de suporte para Solaris / SPARC, Solaris / x64 e Linux / SPARC. Essas "ports" foram marcadas para remoção no JDK 14 com a intenção expressa de removê-las em uma liberação futura.

383: Foreign-Memory Access API (Second Incubator): Introduz uma API para permitir que os programas Java acessem com segurança e eficiência a memória externa fora do heap Java.

384: Records (Second Preview): "Records" foram propostos pelo JEP 359 em meados de 2019 e entregues no JDK 14 no início de 2020 como um recurso de visualização. Esse JEP propõe re-visualizar o recurso no JDK 15, para incorporar refinamentos com base no feedback e para apoiar formas adicionais de classes e interfaces locais na linguagem Java.

385: Deprecate RMI Activation for Removal: Descontinua o mecanismo de "Ativação RMI" para remoção futura. A ativação da RMI é uma parte obsoleta da RMI que é opcional desde o Java 8. Nenhuma outra parte da RMI será descontinuada.

Além disso, a funcionalidade de melhoria das mensagens de NullPointerException implementada na versão 14 sob a JEP 358 agora está como default e não é necessário passar o parâmetro XX:+ShowCodeDetailsInExceptionMessages.

Conclusão

Java continua sendo a linguagem de programação número 1. E como a entrega pontual de melhorias com o Java 15 demonstra, por meio de um planejamento cuidadoso contínuo e envolvimento do ecossistema, a plataforma Java está bem posicionada para o desenvolvimento e crescimento modernos na nuvem.


Siga no twitter para ficar informado dos novos posts:



Referências:

https://www.techgeeknext.com/java/java14-features


http://openjdk.java.net/projects/jdk/15/


preview*: Pode ser removido ou alterado nas próximas versões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Certificação Java 11 - O que mudou

Certificação Java 11 - O que mudou A Oracle liberou recentemente uma atualização das suas certificações Java para atender a nova versão Java 11  LTS (Long Term Support) . Mas o que muda em relação a certificação Java 8? Preciso me atualizar? Por onde começo?  Neste post, vamos responder estas e outras questões sobre essa nova série de certificações. Caso você não tenha acompanhado a série sobre certificação, recomendo a leitura dos posts anteriores: https://www.guiadojava.com.br/2018/06/guia-da-certificacao-java-se-8.html Também temos um bate papo com os maiores especialistas de Java do mercado. Assista o replay aqui: https://events.genndi.com/replay/169105139238448348/23a5b3a7b0/0/83729443273C Nomenclatura e requisitos A partir de agora, você não receberá o certificado se fizer apenas a primeira prova, como era no Java 8 (1Z0-808 - Java SE 8 Programmer I). Você terá que fazer duas provas para obter o certificado " Oracle Certified Professional: Java SE 11 Dev

JDK 18: Os novos recursos do Java 18

JDK 18: Os novos recursos do Java 18 Com o lançamento em março, o Java 18 incuba uma API vetorial , disponibiliza o “pattern matching for switch statements” como preview feature, adota UTF-8 como o conjunto de caracteres padrão e inclui um servidor web simples. O Java Development Kit (JDK) 18 está programado para ser lançado em 22 de março de 2022. A nova versão do Java padrão terá nove novos recursos, com o conjunto de recursos congelado em 9 de dezembro. O JDK 18 passou para um estágio de release candidate, após duas fases de rampdown realizadas entre dezembro e fevereiro. Um segundo release candidate está previsto para 24 de fevereiro. As atualizações do Java padrão são lançadas a cada seis meses, com a versão mais recente, JDK 17 , chegando em setembro de 2021. A página OpenJDK lista os seguintes recursos como direcionados oficialmente ao JDK 18: uma interface de provedor de serviços, um servidor web simples, uma terceira incubação da API vetorial, trechos de código, uma

Java Records

  Java Records Imutável, Simples e limpa Esta funcionalidade da linguagem apareceu pela primeira vez na versão 14 como experimental e assim continuou até a versão 15 . Agora liberada de forma definitiva no Java 16 . O objetivo é ser possível ter classes que atuam como portadores transparentes de dados imutáveis. Os registros podem ser considerados tuplas nominais. Ou seja, após criado, um record não pode mais ser alterado. Records oferece uma uma sintaxe compacta para declarar classes que são portadores transparentes para dados imutáveis superficiais visando reduzir significamente o detalhamento dessas classes e irá melhorar a capacidade de leitura e manutenção do código. Vamos seguir um exemplo de uma classe chamada Pessoa . O primeiro exemplo vamos utilizar o modo tradicional. public class Pessoa { private String nome; private int idade; public Pessoa (String nome, int idade) { super (); this .nome = nome; this .idade = idade; } public String getNo