Pular para o conteúdo principal

[NÃO] Horário de verão



Horário de verão - problema

No dia 02 para 03 de Novembro de 2019, o Java estava programado para trabalhar no horário de verão Brasileiro. Então caso você rode o código abaixo, vai perceber que a hora estará adiantada.
public static void main(String[] args) {
    System.out.println(new Date());
}
Mon Nov 04 10:52:50 BRST 2019

Sendo que a data do sistema é:
Mon Nov  4 09:52:50 -03 2019

Se este não é o seu caso, pode ficar tranquilo que seu Java está atualizado com as definições de TimeZone.

Solução

Caso você não saiba, o Java mantem uma base de dados de TimeZone local que não é atualizada automaticamente. Então como o horário de verão já estava planejado e embutido na JRE, a atualização precisa ser feita de forma manual.
Atenção: O procedimento abaixo pode não funcionar para todas as versões do Java ou variações de distribuição.

Abaixo o processo para atualização:

1 - Faça o download da ferramenta tzupdater:

2 - Descompacte o conteúdo do zip.

3 - Exporte uma variável para facilitar a execução do comando posterior:
export TZ_UPDATER_JAR_ROOT=/home/Download/tzupdater-2.3.0

4 - Rode este script dentro do bin do jdk desejado:
cp -v $TZ_UPDATER_JAR_ROOT/tzupdater.jar . && chmod -v 777 tzupdater.jar && java -jar tzupdater.jar -l https://www.iana.org/time-zones/repository/tzdata-latest.tar.gz

O script acima copia o jar para o diretório bin do JDK e executa a atualização.

jEnv:

Caso você utilize o jEnv (ver neste post), você precisará criar uma versão local dentro do diretório bin do JDK. Caso contrário estará executando o Java configurado como global. Obrigado ao amigo Rafael Buzzi pela dica.




Siga no twitter para ficar informado dos novos posts:



Referências:


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Certificação Java 11 - O que mudou

Certificação Java 11 - O que mudou A Oracle liberou recentemente uma atualização das suas certificações Java para atender a nova versão Java 11  LTS (Long Term Support) . Mas o que muda em relação a certificação Java 8? Preciso me atualizar? Por onde começo?  Neste post, vamos responder estas e outras questões sobre essa nova série de certificações. Caso você não tenha acompanhado a série sobre certificação, recomendo a leitura dos posts anteriores: https://www.guiadojava.com.br/2018/06/guia-da-certificacao-java-se-8.html Também temos um bate papo com os maiores especialistas de Java do mercado. Assista o replay aqui: https://events.genndi.com/replay/169105139238448348/23a5b3a7b0/0/83729443273C Nomenclatura e requisitos A partir de agora, você não receberá o certificado se fizer apenas a primeira prova, como era no Java 8 (1Z0-808 - Java SE 8 Programmer I). Você terá que fazer duas provas para obter o certificado " Oracle Certified Professional: Java SE 11 Dev

JDK 18: Os novos recursos do Java 18

JDK 18: Os novos recursos do Java 18 Com o lançamento em março, o Java 18 incuba uma API vetorial , disponibiliza o “pattern matching for switch statements” como preview feature, adota UTF-8 como o conjunto de caracteres padrão e inclui um servidor web simples. O Java Development Kit (JDK) 18 está programado para ser lançado em 22 de março de 2022. A nova versão do Java padrão terá nove novos recursos, com o conjunto de recursos congelado em 9 de dezembro. O JDK 18 passou para um estágio de release candidate, após duas fases de rampdown realizadas entre dezembro e fevereiro. Um segundo release candidate está previsto para 24 de fevereiro. As atualizações do Java padrão são lançadas a cada seis meses, com a versão mais recente, JDK 17 , chegando em setembro de 2021. A página OpenJDK lista os seguintes recursos como direcionados oficialmente ao JDK 18: uma interface de provedor de serviços, um servidor web simples, uma terceira incubação da API vetorial, trechos de código, uma

Java Records

  Java Records Imutável, Simples e limpa Esta funcionalidade da linguagem apareceu pela primeira vez na versão 14 como experimental e assim continuou até a versão 15 . Agora liberada de forma definitiva no Java 16 . O objetivo é ser possível ter classes que atuam como portadores transparentes de dados imutáveis. Os registros podem ser considerados tuplas nominais. Ou seja, após criado, um record não pode mais ser alterado. Records oferece uma uma sintaxe compacta para declarar classes que são portadores transparentes para dados imutáveis superficiais visando reduzir significamente o detalhamento dessas classes e irá melhorar a capacidade de leitura e manutenção do código. Vamos seguir um exemplo de uma classe chamada Pessoa . O primeiro exemplo vamos utilizar o modo tradicional. public class Pessoa { private String nome; private int idade; public Pessoa (String nome, int idade) { super (); this .nome = nome; this .idade = idade; } public String getNo