Pular para o conteúdo principal

Guia da certificação Java SE 8 Programmer l

Seja bem-vindo a série de postagens sobre a certificação Java. Como funciona, o que fazer para comprar, marcar o dia da prova e o principal, o que estudar.


Introdução

Neste guia dividido em 7 partes, você irá saber o que é cobrado na prova denominada “OCA Oracle Certified Associate Java SE 8 Programmer I. Exam 1Z0-808”, assim como os passos para se registrar no exame e fazer a prova. Algumas dicas para ser mais ágil no momento da prova.

Primeiro detalhe importante é que a prova não tem opção em português (existe uma opção em Espanhol). Então é bom se acostumar com a leitura em inglês para poder interpretar as questões. O site para marcar a prova também é todo em Inglês.

A prova tem 70 questões de múltipla escolha que devem ser respondidas em até 150 minutos. O candidato deve obter no mínimo 65% de acerto para receber a certificação.

Vou procurar dar algumas orientações para quem irá fazer a primeira certificação, assim como os que tem certificação em outras versões do Java e querem se atualizar para o Java 8. É recomendado que já tenha instalado o JDK e algum conhecimento básico da linguagem.

A prova não é aplicada diretamente pela Oracle, mas através de um centro homologado pela Pearson VUE. É através da Pearson VUE que o candidato compra e marca a prova. O valor da prova atualmente é de 150 dólares.

Obs: Este guia tem o objetivo dar orientações referente a prova de certificação. Não utilize este material como única fonte de estudos. Para passar no exame, você vai precisar praticar muito, escrever código e fazer simulados.

Fiquem ligados nas datas das postagens. Espero que gostem e bons estudos!
*As datas podem sofrer alterações.

Acompanhe no Twitter: @sandrogiacom

Nesta primeira parte, vamos navegar pelo site da Oracle para conhecer como funciona a certificação e se ambientar. O candidato tem opções da fazer os cursos recomendados pela Oracle, estudar por conta própria através de livros e fazendo muitos simulados.
  • Site da Oracle
  • Treinamento oficiais
  • Livros
  • Site da Pearson VUE
  • Objetivos do exame


Parte 2 (18/06/18) – Java Básico

  • Estrutura de uma classe Java
  • Criando um programa executável
  • Escopo de variáveis
  • Importando outros pacotes
  • Conhecendo a plataforma
  • Declarando e inicializando variáveis
  • Variáveis primitivas e referência de objeto
  • Ciclo de vida de um objeto


Parte 3 (25/06/18) – Operadores, decisões e loops

  • Operadores Java
  • If, else e ternários
  • Usando switch
  • Usando loop while
  • Usando do/while loop
  • Usando break e continue


Parte 4 (09/07/18) – APIs Java

  • Diferença entre == e equals()
  • Criando e usando Arrays
  • Criando e usando Strings
  • Usando StringBuilder
  • Wrapper classes
  • Usando classes de Data


Parte 5 (16/07/18) – Métodos e encapsulamento

  • Criando métodos que retornam valores
  • Sobrecarga de métodos
  • Métodos estáticos
  • Modificadores de acesso
  • Encapsulamento
  • Passagem de valor e passagem de parâmetro
  • Escrevendo expressões lambda simples


Parte 6 (30/07/18) – Orientação a Objetos

  • Herança
  • Polimorfismo
  • Quando usar cast
  • Usando super e this
  • Classes abstratas e interfaces


Parte 7 (06/08/18) – Exceptions

  • Checked, runtime e errors
  • Bloco try catch
  • Classes comuns de exceção
  • Utilizando throw e throws Exception


Parte 8 (10/08/18) - Bônus

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Certificação Java 11 - O que mudou

Certificação Java 11 - O que mudou A Oracle liberou recentemente uma atualização das suas certificações Java para atender a nova versão Java 11  LTS (Long Term Support) . Mas o que muda em relação a certificação Java 8? Preciso me atualizar? Por onde começo?  Neste post, vamos responder estas e outras questões sobre essa nova série de certificações. Caso você não tenha acompanhado a série sobre certificação, recomendo a leitura dos posts anteriores: https://www.guiadojava.com.br/2018/06/guia-da-certificacao-java-se-8.html Também temos um bate papo com os maiores especialistas de Java do mercado. Assista o replay aqui: https://events.genndi.com/replay/169105139238448348/23a5b3a7b0/0/83729443273C Nomenclatura e requisitos A partir de agora, você não receberá o certificado se fizer apenas a primeira prova, como era no Java 8 (1Z0-808 - Java SE 8 Programmer I). Você terá que fazer duas provas para obter o certificado " Oracle Certified Professional: Java SE 11 Dev

JDK 18: Os novos recursos do Java 18

JDK 18: Os novos recursos do Java 18 Com o lançamento em março, o Java 18 incuba uma API vetorial , disponibiliza o “pattern matching for switch statements” como preview feature, adota UTF-8 como o conjunto de caracteres padrão e inclui um servidor web simples. O Java Development Kit (JDK) 18 está programado para ser lançado em 22 de março de 2022. A nova versão do Java padrão terá nove novos recursos, com o conjunto de recursos congelado em 9 de dezembro. O JDK 18 passou para um estágio de release candidate, após duas fases de rampdown realizadas entre dezembro e fevereiro. Um segundo release candidate está previsto para 24 de fevereiro. As atualizações do Java padrão são lançadas a cada seis meses, com a versão mais recente, JDK 17 , chegando em setembro de 2021. A página OpenJDK lista os seguintes recursos como direcionados oficialmente ao JDK 18: uma interface de provedor de serviços, um servidor web simples, uma terceira incubação da API vetorial, trechos de código, uma

Java Records

  Java Records Imutável, Simples e limpa Esta funcionalidade da linguagem apareceu pela primeira vez na versão 14 como experimental e assim continuou até a versão 15 . Agora liberada de forma definitiva no Java 16 . O objetivo é ser possível ter classes que atuam como portadores transparentes de dados imutáveis. Os registros podem ser considerados tuplas nominais. Ou seja, após criado, um record não pode mais ser alterado. Records oferece uma uma sintaxe compacta para declarar classes que são portadores transparentes para dados imutáveis superficiais visando reduzir significamente o detalhamento dessas classes e irá melhorar a capacidade de leitura e manutenção do código. Vamos seguir um exemplo de uma classe chamada Pessoa . O primeiro exemplo vamos utilizar o modo tradicional. public class Pessoa { private String nome; private int idade; public Pessoa (String nome, int idade) { super (); this .nome = nome; this .idade = idade; } public String getNo